Buscar
  • Marketing

5 maneiras de controlar todos os seus recebíveis com multi adquirentes

Atualizado: Jan 20

Controle de maneira segura a sua conciliação com as adquirentes de cartões, seja de débito e crédito e, se quiser, vá além, com automatização e BPO. Boa leitura!

As empresas que recebem por várias modalidades de pagamentos têm algo em comum: precisam conciliar criteriosamente os seus recebíveis. E é a partir daí que alguns problemas surgem, já que a conciliação financeira nem sempre é fácil e exige uma série de etapas.


Os benefícios de controlar as contas a receber vão desde a otimização da performance até a previsibilidade no rastreamento daquilo que foi acordado. Por isso, é importante encontrar maneiras de verificação.


Isso cabe, principalmente, quando nós falamos das adquirentes de cartões, seja de débito ou crédito.


5 maneiras para controlar e facilitar a conciliação de pagamentos


1. Lance todos os valores separadamente

Os valores devem ser lançados separadamente, de acordo com a origem dos lançamentos. Da mesma forma, preencha as despesas com suas classificações e datas específicas.


Não esqueça de adicionar o saldo das contas bancárias quando iniciar um novo período na gestão de recebíveis. Por exemplo, se você faz o fechamento semanal toda segunda-feira, precisa registrar o resultado da semana anterior, independentemente se ele foi positivo ou negativo.


Certifique-se ainda de acrescentar os ganhos somente se o dinheiro estiver disponível — não é indicado contar com um recurso que ainda não entrou no caixa.


2. Mantenha as informações atualizadas

Mantenha as informações atualizadas, conforme o seu planejamento. É importante também fazer uma revisão dos números para não passar qualquer tipo de erro. Quando um cálculo não corresponder ou surgir qualquer dúvida, pare e descubra qual é o problema. Não siga em frente levando questões mal resolvidas, pois elas podem virar uma “bola de neve”.


3. Faça o controle efetivo do fluxo de caixa

Os registros de entradas e saídas de recursos facilitam a conciliação dos recebíveis. Além disso, eles diminuem o tempo de trabalho e aumentam a segurança e a confiabilidade dos dados.


4. Cadastre todos os tipos de recebimento no cartão

Faça uma listagem de quais são as opções de pagamento que você irá oferecer – e através de qual cartão isso será feito. Hoje, o mercado trabalha com as opções de débito à vista, crédito e crédito parcelado (a curto ou longo prazo).


A ação de cadastrar os tipos de pagamento é crucial, pois cada cartão conta com diferentes taxas administrativas de acordo com a operação realizada para a compra.


Dentre os dados necessários neste registro, dê especial atenção para alguns pontos:

  • Data em que foi realizada a compra;

  • Valores transacionados;

  • Bandeira do cartão;

  • Operação realizada (débito, crédito, crédito parcelado);

  • Taxa de administração do cartão;

  • Valor líquido recebido.

5. Monitore as taxas dos cartões

Esta é uma medida obrigatória na conciliação financeira para evitar qualquer distorção no desconto das tarifas cobradas pelas bandeiras de cartão. O processo pode ser feito através de amostragem, na qual você seleciona dias ou transações aleatórias do estabelecimento e faz o cálculo manual da taxa cobrada.


Caso encontre alguma divergência, é importante saber qual o número da Nota Fiscal da transação para solicitar o ressarcimento junto à sua operadora.


Controle de maneira segura e rápida


É bem verdade que, dependendo do tamanho da empresa, fazer todos esses controles de forma manual pode ser algo demorado. Sem falar que esse método, muitas vezes, acaba favorecendo o retrabalho e as imprecisões na gestão das vendas por meio de cartões de crédito e débito.


A melhor solução para isso é adotar um sistema automatizado, melhorando a performance, a produtividade e a rotina diária de quem lida com isso na empresa. E, assim, trazendo controle e previsibilidade no rastreamento de recebíveis para garantir que a empresa receba integralmente o que foi acordado.

A contratação de atividades e funções de negócios que não fazem parte do core business da empresa (BPO) vem ganhando cada vez mais força. Especialmente, porque isso ajuda a reduzir o custo e alavancar a lucratividade.

No caso da conciliação de recebíveis, com um sistema você pode contar com o cruzamento de várias informações ao mesmo tempo, num único lugar. Validando, dessa forma, todas as informações enviadas pelas adquirentes.


Se a sua empresa aceita cartões, independente do tamanho que tenha, ela pode utilizar tecnologias e plataformas que a beneficiarão de maneira tangível. Saiba como a Trustion pode ajudar na sua rotina.



20 visualizações0 comentário